De Portugal aos Estados Unidos (sem saber falar inglês)

“Bem, porque é que eu decidi ir para os Estados Unidos durante um ano? É simples: sempre fui péssima a inglês. Tirava negativas desde o meu 5º ano, mas muito sinceramente nessa altura não me preocupava muito. Se desse para passar de ano que era o suficiente. Até que um dia, cheguei ao secundário, e aí toda a história mudou. Para acabar o secundário era preciso não ter chumbado a nenhuma disciplina. Eu não tinha hipótese!”



Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Nem acredito que o tempo aqui está quase a acabar..."

Bolsas de Estudo para Universidades Americanas - Testemunho do Pedro Ferreira

Reportagem FORUM ESTUDANTE da MultiWay na Futurália 2017