"Com 16 anos, duas malas e uma mochila começou este ano inesquecível!" - Leonor


A Leonor Conceição esteve a viver e a estudar em Wisconsin, nos Estados Unidos. Ela contou-nos como é ser um típico estudante americano, como é festejar o Halloween e fazer parte de um clube de ginástica, onde trouxe amigas para a vida! No final, a Leonor confessa que viveu um verdadeiro filme americano.

"No 11º ano, estava em Economia no Pedro Nunes (Lisboa), um bocadinho cansada de tanto estudar e de achar que os anos eram sempre iguais. Por isso, decidi procurar alguma coisa diferente. Fui ao site da Multiway e decidi enviar um email para me inscrever no Curso Académico nos EUA, assim como algumas das minhas grandes amigas. Não sabíamos ao que íamos, embora achássemos plenamente que sim.


Depois de toda a papelada e burocracia, no fim de Agosto estava num avião a caminho de Wisconsin, Estado que nem sabia que existia até ao momento em que me apercebi que ia viver lá durante 10 meses! Com 16 anos, duas malas e uma mochila, começou este ano do qual nunca me vou esquecer.
Os primeiros meses não foram um mar de rosas, mas com 5 “host sisters” quem é que tem tempo para ter saudades? Cerimónias? Essa palavra não existe quando se entra nos EUA. Ao princípio foi tudo um choque, não há como evitar, mas depois habituei-me e não podia ter sido melhor encontrar pessoas conhecidas em cada sítio que ia.



Na primeira semana, fui-me inscrever na minha High School americana, em que se escolhe as disciplinas que se quer ter. Escolhi desde o inglês a american history, espanhol, psicologia e marketing. Os professores não podiam ser melhores e ajudaram-me com tudo.
Na escola, aconselharam-me a junta a clubes e a algum desporto, tal como todos os americanos. Inscrevi-me no International Club, que éramos 6 exchange students, todos de países diferentes e americanos que queriam conhecer outros países, outras culturas e basicamente divertir-se. Entrei para a equipa de ginástica, um bocadinho de pé atrás, onde acabei por ganhar 20 grandes amigas com quem passei praticamente todo o meu ano. Desde treinos a idas ao bowling, jantares, fins-de-semanas de competições em hotéis, jogos, noites de filmes… O espírito de equipa é inacreditável!!

Finalmente quando a ginástica acabou, depois de 4 meses de 3 horas de treino por dia, inscrevi-me na equipa de atletismo que começava os treinos na semana a seguir. Fiz salto à vara, que nunca na vida sabia que alguma vez ia sequer ver alguém a fazer ao vivo. Foi a loucura!
No Halloween mascarei-me e fui casa a casa fazer “Trick-or-treat”. Voltei para casa com um saco de doces que me durou para o resto do ano, sem exagero! Na homecoming week da escola, cada dia havia um tema. Um dia tínhamos todos de ir de pijama, no dia a seguir de turistas, no outro com uma cor que era dada a cada ano, por exemplo os senior, os do 12º ano, iam de branco, outro dia vestidos à havaianos, uma animação! No fim dessa semana foi o Homecoming. No fim do ano foi o Prom, igual ao dos filmes. As americanas começam-se a arranjar às 10 da manhã!


A escola toda ia aos jogos de futebol americanos, basket e baseball da equipa da escola! Às tantas mais parecia que estava num filme do que a fazer o décimo segundo, o que não podia ter sido mais o que eu estava à procura! E para além de tudo como nos filmes,  o melhor é que cresci tanto nesse ano como em 5 anos em Portugal.
O ano passou a voar e nem quis acreditar quando dei por mim no avião a caminho de Lisboa. Foi basicamente um ano sem igual!


Este testemunho foi publicado no Blog da Gap Year, aqui!

Se quiseres ter uma aventura apaixonante nos Estados Unidos ao mesmo tempo que fazes um ano académico, contacta a MultiWay. Além dos Estados Unidos, a MultiWay tem outros países à escolha, como a Austrália, Canadá, etc.

Comentários

Mensagens populares